Você já pensou em ter uma formação completa em Terapia Cognitivo-Comportamental que vai mudar a sua carreira, te possibilitando segurança na condução da clínica e técnicas nas terapêuticas de seus pacientes?

Isso é possível fazendo uma pós-graduação de alta qualidade e com conteúdo atualizado semestralmente

O seu certificado final te conferirá o título de “Especialista em Psicologia Clínica: Terapia Cognitivo-Comportamental” com reconhecimento do certificado no MEC.

** Esta pós-graduação é ofertada exclusivamente a psicólogo por uma questão ética da instituição em respeito ao exercício profissional restritivo a essa categoria.

Matriz do Curso

Veja o que você vai estudar

Matriz do Curso

Veja o que você vai estudar

  • CLIQUE NAS DISCIPLINAS E VEJA O CONTEÚDO DETALHADO
  • Bases epistemológicas, teóricas e empíricas da Terapia Cognitivo-Comportamental
  • Conceitualização de casos clínicos na Terapia Cognitivo-Comportamental
  • Técnicas da Terapia Cognitivo-Comportamental
  • Terapia Cognitivo-Comportamental - ansiedade social, ansiedade generalizada e fobias
  • Terapias e técnicas de 3ª onda
  • Terapia Cognitivo-Comportamental para depressão e transtornos de humor
  • Transtornos alimentares e Obesidade
  • Terapia Cognitivo-Comportamental para Crianças e Adolescentes
  • Metodologia científica

Clique na disciplina ao lado e conheça o conteúdo detalhado de cada uma delas.

1-Fundamentos conceituais da terapia cognitiva;
2-Princípios básicos da psicoterapia cognitivo comportamental;
3- Revoluções cognitivas: visão geral; a primeira e a segunda revolução cognitiva
3- Organização e processamento cognitivo em resposta ao estresse em diversos contextos;
4- Fundamentos de aspectos emocionais: a importância do entendimento das emoções para a terapia cognitivo comportamental;
5-A relações entre os aspectos emocionais e o processo cognitivo no desenvolvimento humano;
6- Aspectos cognitivos da linguagem e da memória de trabalho na psicoterapia e avaliação cognitiva
7- Psicoterapia cognitivo-comportamental: crenças intermediárias;
8- Psicoterapia cognitivo-comportamental: esquemas e crenças nucleares;
9- Imagens mentais no processo cognitivo;
10- Fundamentos da terapêutica cognitivo comportamental;
11- A importância do afeto e da empatia na terapia cognitivo-comportamental;
12- Estruturação da terapia cognitivo-comportamental;
13- Psicoeducação;
14- Trabalho com pensamentos automáticos e mudanças de esquemas na terapia cognitivo-comportamental
15- O processo de resolução de problema;
16- Tomada de decisão na terapia cognitivo comportamental;
17- Processamento cognitivo das memórias na terapia cognitivo-comportamental;
18- Habilidades sociais e a terapia cognitivo comportamental
19- Aplicação prática na clínica: depressão e outros transtornos relacionados ao humor;
20- Comportamentos alimentares e a terapia cognitivo comportamental;
21- Transtornos da personalidade;
22- Transtorno obsessivo-compulsivo.

1- Os três níveis de cognição;
2- Estrutura das sessões;
3- O que é conceitualização? ;
4- A importância da conceitualização;
5- Identificando as dificuldades;
6- Listando as dificuldades principais;
7- Organizando as dificuldades para estabelecer objetivos;
8- União da teoria com as dificuldades;
9- Pressupostos subjacentes;
10- Crenças nucleares;
11- Distorções cognitivas;
12- Estratégias de enfrentamento;
12- Diagnóstico ateórico;
13- Diagnóstico diferencial;
14- História de vida;
15- Histórico psiquiátrico e uso de medicações;
16- Diagnóstico e diagrama de conceitualização;
17- Esquemas iniciais desadaptativos;
18- Planejamento da intervenção
19- Conceitualização para adolescentes;
20- Conceitualização para casais;
21- Conceitualização baseada em evidências;
22- Conceitualização como facilitadora da aliança terapêutica.

1- Visão geral dos métodos terapêuticos da TCC;
2- Como a TCC atua nos três níveis de cognição: pensamentos automáticos, crenças intermediárias e crenças centrais;
3- As técnicas-base da TCC nos pensamentos automáticos;
4- Desafios na relação terapêutica em TCC
5- Formulação de caso clínico;
6- Conceitualização cognitiva;
7- Estrutura da sessão de terapia segundo o modelo cognitivo-comportamental;
8- Reforçando os aspectos relevantes na formulação de casos clínicos no modelo da TCC;
9- Técnicas na identificação das crenças intermediárias;
10- Técnicas de modificação das crenças intermediárias;
11- Técnicas na identificação das crenças centrais;
12- Técnicas de modificação das crenças centrais e/ou nucleares;
13- Intervenções comportamentais em TCC;
14- Planejamento do tratamento;
15- Término e prevenção de recaída;
16- Possíveis problemas no processo de terapia
17- Intervenções cognitivo-comportamentais na raiva;
18- Intervenções cognitivo-comportamentais na culpa e na vergonha;
19- Aprofundando intervenções cognitivo-comportamentais;
20- Outras intervenções cognitivo-comportamentais
21- Eficácia em TCC;
22- Eficiência em TCC;
23- Desafios na prática do terapeuta em TCC;
24- Desenvolvimento do terapeuta cognitivo-comportamental.

1- Sintomas e critérios diagnósticos;
2- Etiologia do transtorno do pânico;
3- Desenvolvimento do pânico; intervenções e estratégias psicoterapêuticas no transtorno do pânico;
4- Causas no desenvolvimento do TAS;
5- Modelo cognitivo - comportamental no TAS;
6- Intervenção no tratamento do TAS;
7- Estudo de caso;
8- Características clínicas;
9- Diagnóstico diferencial;
10- Modelo cognitivo-comportamental das fobias específicas;
11- Intervenções nas fobias específicas;
12- Características clínica;
13- Etiologia e desenvolvimento da TAG;
14- Modelo cognitivo – comportamental;
15- Modelo de intolerância à incerteza no transtorno de ansiedade generalizada (TAG)/intervenções
16- Característica do TOC;
17- Outras características do TOC;
18- Modelo cognitivo - comportamental no TOC;
19- Principais intervenções da TCC no tratamento do TOC
20- Outras observações pertinentes nas características clínicas dos transtornos de ansiedade;
21- Aspectos teóricos no modelo cognitivo da ansiedade;
22- Técnicas de tratamento da ansiedade.

1- Evoluindo: terapia comportamental de segunda onda/;
2- Desenvolvendo: terapia comportamental de terceira onda;
3- MBSR: Mindfúlness-Based Stress Reduction – redução;
4- Técnicas e aplicabilidade do MBSR;
5- Modos de tratamento I;
6- Modos de tratamento II;
7- Hierarquia das metas primárias da TCD;
8- Estratégias dialéticas específicas
9- Regra 1 - observe os comportamentos clinicamente relevantes (CRBS);
10- Regra 2 - evoque os CRBS;
11- Regras 3 e 4;
12- Regra 5 e finalização do tratamento
13- Inflexibilidade psicológica;
14- Processos terapêuticos em ACT 1 e 2;
15- Processos terapêuticos em ACT 3 e 4;
16- Processos terapêuticos em ACT 5 e 6
17- Avaliação; estratégias de enfrentamento;
18- Conhecendo os modos dos esquemas;
19- Trabalhando com os modos
20- Sistema de regulação do afeto;
21- Compreendendo a compaixão;
22- Desenvolvendo a compaixão;
23- Imagem mental e compaixão.

1- Classificação conforme a CID 10;
2- Epidemiologia;
3- Etiologia;
4- Tratamento;
5- Modelo cognitivo; o processo da terapia cognitiva;
6- conceitualização cognitiva;
7- Relação terapêutica
8- Técnicas cognitivas;
9- Evocando pensamentos automáticos;
10- Testando os pensamentos automáticos;
11- Técnicas que auxiliam na identificação, testagem e modificação das cognições;
12- Término de tratamento e prevenção a recaídas;
13- Evolução da TCC;
14- Estudo de caso: 1
15- Estudo de caso: 2
16- Epidemiologia;
17- Etiologia;
18- Tratamento;
19- A terapia cognitivo-comportamental e o transtorno bipolar;
20- Detecção precoce para prevenir recaídas;
21- Intervenções cognitivo-comportamentais;
22- Gerenciamento do estresse e dos problemas psicossociais;
23- Estudo de caso.

1- Introdução;
2- Definição e descrição da anorexia e da bulimia nervosa;
3- Transtorno de compulsão alimentar;
4- Obesidade;
5- Transtornos alimentares modernos;
6- Terapia cognitivo-comportamental - transtornos alimentares e obesidade;
7- Transtorno dismórfico corporal;
8- Características e critérios de dismorfia muscular;
9- Características e critérios associação com anorexia nervosa.
10- Instrumentos de avaliação dos transtornos alimentares;
11- Instrumentos de avaliação dos transtornos alimentares e da obesidade;
12- Instrumentos de avaliação da dismorfia corporal outros instrumentos de avaliação
13- Início do tratamento;
14- Mudança alimentar;
15- Impulsividade nos transtornos alimentares;
16- Conduta orientada do paciente
17- Distorções cognitivas – transtornos alimentares falta de foco e pensamento ruminativo;
18- Libertando-se de referenciais
19- Pensamento socrático e positivo
20- Outros programas de prevenção;
21- Desequilíbrio no estilo de vida;
22- Recursos alternativos em transtornos alimentares;
23- Estudo de casos clínicos.

1- Introdução;
2- Desenvolvimento do sistema nervoso central (SNC);
3- Aprendizagem ao longo do desenvolvimento;
4- Habilidades sociais na adolescência.
5- Avaliação;
6- Conceitualização cognitiva;
7- Abordagens cognitivas abordagens comportamentais.
8- Patologias na infância e adolescência;
9- Transtorno de déficit de atenção/hiperatividade intervenções no TDHA;
10- Transtorno do espectro autista;
11- Transtorno de oposição desafiante;
12- Transtorno da conduta;
13- Transtorno explosivo;
14- Intervenções nos transtornos disruptivos, do controle
15- Intervenções nos transtornos de ansiedade;
16- Transtorno obsessivo compulsivo;
17- Intervenções no transtorno obsessivo compulsivo;
18- Transtornos depressivos
19- Participação dos pais no trabalho terapêutico;
20- Orientação para pais;
21- Orientação para professores;
22- Terapia cognitivo-comportamental e o estatuto da criança e do adolescente.

1- Contextualizando; pesquisa científica;
2- Evolução da pesquisa no Brasil;
3- Classificação dos tipos de pesquisa;
4- Pesquisa qualitativa; pesquisa quantitativa; finalizando
5- Contextualizando; histórico da pesquisa com seres humanos;
6- Comitês de ética em pesquisa envolvendo seres humanos;
7- Resolução 466/2012;
8- Termos de consentimento e de assentimento;
9- Plataforma Brasil
10- Contextualizando; bases de dados para pesquisa;
11- Uso de descritores em pesquisas;
12- Escolha do tema e delimitação do tema;
13- Formulação de hipóteses;
14- Tipos de hipóteses; finalizando
15- Estrutura de artigos científicos;
16- Construção da justificativa do estudo;
17- Determinação dos objetivos de pesquisa;
18- Elaboração da introdução;
19- Revisão de literatura
20- Método científico e construção da metodologia;
21- Metodologias para análise dos dados;
22- Obtenção e demonstração dos resultados;
23- Elaboração da discussão; considerações finais ou conclusões
24- Artigo científico;
25- Estrutura do artigo científico;
26- Projeto educacional em artes visuais; importante saber;
27- Apresentação do TCC – orientações para quem optar pelo TCC.

CERTIFICAÇÕES

Além do certificado final da pós-graduação, você receberá 9 certificados (microcertificação). Uma certificação para cada disciplina concluída que será emitida diretamente da nossa certificadora Instituto Ethos on. Estas microcertificações funcionam como se fossem cursos de aperfeiçoamento. Isso dará uma projeção enorme no seu currículo mesmo antes de você concluir a sua pós-graduação..

Vale a experiência!

PROCESSO AVALIATIVO

A atividade avaliativa fica disponível após cada unidade para que não haja sobrecarga de conteúdo para o aluno. Não existe prova final no final do curso e também não exigimos o TCC, é opcional.

DIFERENCIAIS NA SUA CARREIRA E CURRÍCULO PARA PROMOÇÕES

Essa é a chance de você fazer uma transformação na sua carreira, pois o Instituto Ethos ON é o único centro de pós-graduação digital que te oferece microcertificações, e isso é importante para o seu plano de carreira, concursos além de processos seletivos de um modo geral.

Mesmo antes de você concluir a sua pós-gradução você já estará muito mais competitivo no mercado.                            Faça a diferença!  

DIPLOMA - CERTIFICADO FINAL

O certificado do curso a distância e do curso presencial é o mesmo, sem qualquer menção à modalidade.

O seu certificado final será expedido pela FATEB e as microcertificações pelo Ethos On, pois somos um braço da pós-graduação da FATEB, uma importante instituição localizada no sul do país.